sexta-feira, 31 de maio de 2019

Os efeitos do Xtrasize no corpo - O que a ciência diz sobre eles?

Estudos têm mostrado que cada quarto homem gostaria de ter um pénis diferente ou não está inteiramente satisfeito com seu tamanho. Agora rapidamente encontrar um remédio e deixar sua peça boa crescer a longo prazo e acima de tudo de uma forma natural. E tudo isto sem dor ou outras agonias.



XtraSize e seu excelente modo de ação


XtraSize tem um efeito estimulante e aumenta o tamanho do pênis em vários centímetros, dependendo do tamanho inicial. É claro que isto não pode ser feito a partir de agora, mas será bem sucedido a longo prazo. A avaliação do XtraSize é muito boa em maior parte daqueles que divulgaram comentários sobre a fórmula na internet.

Sendo assim, convença - se da alta qualidade do produto e submeta os diferentes meios a uma comparação de preços, que são naturalmente submetidos a testes e controles constantes. Isso garante uma melhoria contínua da XtraSize.

Graças à estreita cooperação com nutricionistas e médicos, nada impede a Xtrasize herbal. Outros produtos que aumentam a potência e melhoram consideravelmente o desempenho sexual.


O segredo está no conteúdo


Tribulus terrestris é o nome da planta, que pode ser encontrada como seu principal componente no XtraSize e pertence à família de plantas de folhas jugo. É também conhecido como afrodisíaco na Medicina Tradicional Chinesa. No entanto, como um suplemento aumenta a potência e tem um forte efeito de excitação sexual. Você também vai encontrar a raiz Maca Peruana no XtraSize.

Os vegetais fortalecem o seu organismo e fortalecem o desejo sexual dos homens. Uma vez que lhe fornece proteínas suficientes, a raiz Maca é responsável pela ereção facilitada. Ele também fortalece o organismo, fornecendo aminoácidos importantes.

Saw Palmetto é outra planta dentro do XtraSize que tem um efeito inibidor de enzimas e fortalecimento. Também regula a função ideal das tuas gónadas. Tem um efeito de lustre crescente.

Xtrasize: as cápsulas naturais para ejaculação precoce e impotência

O Xtrasize se tornou uma popular cápsula contra problemas masculinos que são os dos mais constrangedores na hora H: a ejaculação precoce e a impotência sexual. Ambos os casos conseguem ser naturalmente tratados com o uso desses ingredientes naturais presentes no azulzinho.

Mas antes de se entregar à essas cápsulas confira aqui um breve manual sobre como funciona esse composto no seu organismo e resposta para as dúvidas frequentes acerca deles.



Quais são as características importantes do XtraSize?


As mulheres não devem utilizar este medicamento pois aumenta a testosterona. Níveis elevados de testosterona no corpo feminino podem levar a efeitos secundários desagradáveis. Os utilizadores do sexo masculino também devem ter pelo menos 18 anos para poderem utilizar o produto. Basta conferir a bula do Xtrasize para conferir como  não há a presença de efeitos colaterais associados ao uso do dessas cápsulas, uma vez que são produzidos com ingredientes 100% naturais.

Como tomar Xtrasize


De acordo com o recipiente XtraSize, uma única cápsula deve ser tomada todas as manhãs. A pílula deve ser tomada com o estômago vazio e um grande copo de água deve ser tomado com a pílula.

Como o Xtrasize funciona


Ser capaz de se tornar ereto a pedido é importante para muitos homens, mas isso pode se tornar um problema à medida que o corpo envelhece. Os níveis de testosterona tendem a diminuir com a idade, enquanto outros problemas de saúde, tais como pressão arterial elevada e fluxo sanguíneo reduzido também se tornam um problema. XtraSize alvos tanto testosterona e fluxo sanguíneo, a fim de fornecer um produto poderoso que ajuda o corpo ganhar de volta sua capacidade natural para obter ereções firmes.

Com inúmeros suplementos masculinos realce disponíveis no mercado hoje parece impossível encontrar " o direito."O desempenho Sexual diminui naturalmente à medida que os homens envelhecem, o que pode contribuir para sentimentos de inadequação ou constrangimento. Suplementos de realce masculino deve ser baseado em quatro fatores-chave: ingredientes ativos, capacidade de suportar a resistência sexual, melhorar a excitação, melhorado* desejo sexual e apoiado por estudos clínicos.

sexta-feira, 15 de março de 2019

A diferença entre antibióticos e antissépticos: veja aqui


Qualquer substância que inibe o crescimento e a replicação de uma bactéria ou a mata completamente pode ser chamada de antibiótico. Os antibióticos são um tipo de antimicrobiano projetado para atingir infecções bacterianas dentro (ou sobre) do corpo. Isso faz com que os antibióticos subtilmente diferentes dos outros principais tipos de antimicrobianos amplamente utilizados hoje em dia:
Os anti-sépticos são utilizados para esterilizar superfícies de tecido vivo quando o risco de infecção é elevado, como durante a cirurgia. Como por exemplo, a azitromicina.
Os desinfectantes são antimicrobianos não seletivos, matando uma vasta gama de microrganismos, incluindo bactérias. Eles são usados em superfícies não-vivas, por exemplo, em hospitais.
É claro que as bactérias não são os únicos micróbios que podem ser prejudiciais para nós. Fungos e vírus também podem ser um perigo para os seres humanos, e eles são visados por antifúngicos e antivirais, respectivamente. Apenas substâncias que se destinam a bactérias são chamadas antibióticos, enquanto o nome antimicrobiano é um termo abrangente para qualquer coisa que inibe ou mata células microbianas, incluindo antibióticos, antifúngicos, antivirais e produtos químicos, como anti-sépticos.
A maioria dos antibióticos utilizados hoje são produzidos em laboratórios, mas muitas vezes são baseados em compostos que os cientistas encontraram na natureza. Alguns micróbios, por exemplo, produzem substâncias especificamente para matar outras bactérias próximas, a fim de ganhar uma vantagem quando competem por alimentos, água ou outros recursos limitados. No entanto, alguns micróbios só produzem antibióticos no laboratório
Como funcionam os antibióticos?
Os antibióticos são usados para tratar infecções bacterianas. Alguns são altamente especializados e só são eficazes contra certas bactérias. Outros, conhecidos como antibióticos de largo espectro, atacam uma vasta gama de bactérias, incluindo as que são benéficas para nós.
Existem duas formas principais de os antibióticos atingirem as bactérias. Ou impedem a reprodução de bactérias, ou matam as bactérias, por exemplo, parando o mecanismo responsável pela construção das suas paredes celulares.
Porque é que os antibióticos são importantes?
A introdução de antibióticos na medicina revolucionou a forma como as doenças infecciosas eram tratadas. Entre 1945 e 1972, a expectativa média de vida humana aumentou em oito anos, com antibióticos usados para tratar infecções que eram anteriormente susceptíveis de matar pacientes. Hoje, os antibióticos são uma das classes mais comuns de medicamentos usados na medicina e tornam possível muitas das cirurgias complexas que se tornaram rotineiras em todo o mundo.
Se ficássemos sem antibióticos eficazes, a medicina moderna seria adiada por décadas. Cirurgias relativamente pequenas, como apendicectomias, poderiam tornar-se ameaçadoras para a vida, como eram antes dos antibióticos se tornarem amplamente disponíveis. Antibióticos são por vezes utilizados em um número limitado de pacientes antes da cirurgia para garantir que os pacientes não contrair quaisquer infecções de bactérias entrando cortes abertos. Sem esta precaução, o risco de envenenamento do sangue se tornaria muito maior, e muitas das cirurgias mais complexas que os médicos agora realizam podem não ser possíveis.

Como funcionam os antibióticos no organismo?

A descoberta da penicilina antibiótica na década de 1920 teve um grande impacto na história humana. Não só levou a uma cura para infecções bacterianas que já foram mortais, mas também levou a um grande interesse em encontrar novos antibióticos. Hoje estão disponíveis muitos tipos diferentes de antibióticos, e eles lutam contra a infecção de várias maneiras.
Alguma vez já se perguntou como é que os antibióticos matam bactérias invasoras, deixando as células humanas em paz? Embora haja semelhanças entre bactérias e células humanas, existem muitas diferenças também. Os antibióticos funcionam afetando coisas que as células bacterianas têm, mas as células humanas não.

Por exemplo, as células humanas não têm paredes celulares, enquanto muitos tipos de bactérias têm. O antibiótico penicilina funciona impedindo uma bactéria de construir uma parede celular. Bactérias e células humanas também diferem na estrutura de suas membranas celulares e na maquinaria que usam para construir proteínas ou copiar DNA. Alguns antibióticos dissolvem a membrana de apenas células bacterianas. Outros afetam a construção de proteínas ou máquinas de cópia de DNA que é específico para as bactérias.
Os antibióticos beta-lactâmicos matam bactérias que estão rodeadas por uma parede celular. As bactérias constroem paredes celulares unindo moléculas-beta-lactamas bloqueiam este processo. Sem o apoio de uma parede celular, a pressão dentro da célula torna-se demasiado e a membrana explode. Exemplos de beta-lactamas incluem penicilina e cefalosporina, que são usados para tratar muitos tipos de infecções bacterianas.
As quinolonas incluem antibióticos como a ciprofloxacina e levofloxacina, que são usados para tratar infecções como bronquite e pneumonia. Quando as bactérias começam a copiar o seu ADN, as quinolonas fazem com que as cadeias se quebrem e, em seguida, impedem que as fracturas sejam reparadas. Sem ADN intacto, as bactérias não podem viver ou reproduzir-se.
Quando você toma um antibiótico, ele entra na sua corrente sanguínea e viaja através do seu corpo, matando bactérias, mas não células humanas. No entanto, existem poucas diferenças entre bactérias nocivas e amistosas. Os antibióticos matam não só as bactérias más que te põem doente, mas também as bactérias amigáveis residentes.
Bactérias amigáveis ajudam a mantê-lo saudável de muitas maneiras, para que quando os antibióticos matam bactérias amigáveis, a sua saúde pode sofrer porque você perde esses benefícios. Além disso, a perda de bactérias amigáveis pode dar a outros tipos de bactérias espaço para se multiplicar, levando a infecção oportunista. Às vezes, a infecção oportunista acontece quando as bactérias do ambiente entram em seu corpo e superam as bactérias amigáveis danificadas por um antibiótico. Outras vezes a infecção oportunista começa quando os antibióticos perturbam o equilíbrio de seus micróbios residentes, e bactérias normalmente amigáveis se multiplicam muito rapidamente e se tornam prejudiciais.

sexta-feira, 1 de março de 2019

A ejaculação precoce: como ela surge? E se eu tenho a vida inteira?

Ejaculação precoce é quando um homem tem uma tendência a ejacular rapidamente após a penetração, sem o sentimento de controle, e onde ele causa angústia para ele e/ou seu parceiro. É difícil definir ejaculação precoce por métricas médicas padrão. Mas na nossa opinião, saberá claramente quando tem.
A maioria dos estudos considera que 20-30% dos homens sofremde ejaculação precoce. É considerada a disfunção sexual mais comum em homens.
A ejaculação precoce ao longo da vida afeta os homens a partir do momento em que eles se tornam sexualmente ativos pela primeira vez. A educação física ao longo da vida é principalmente física, e não psicológica, na origem. A educação física ao longo da vida pode sempre ser gerida com sucesso se um homem estiver motivado e se perceber que a educação física ao longo da vida exigirá uma gestão ativa ao longo da vida.
A ejaculação precoce adquirida desenvolve-se mais tarde na vida. Muitas vezes pode ser curada. Mas mesmo quando não pode ser curado, pode ser gerenciado com bastante sucesso, geralmente com uma combinação de modalidades comportamentais e médicas.
É importante lembrar que os homens com ejaculação precoce ao longo da vida, são "apenas construídos desta maneira".  Assim, é mais preciso dizer que a ejaculação precoce ao longo da vida é gerenciada ao invés de curada.  Muitos homens com ejaculação precoce adquirida podem ser tratados (curados) quando a razão pela qual eles desenvolveram é tratado.  Além disso, os homens com ejaculação precoce adquirido, quando geridos da mesma forma que aqueles homens que tem ao longo da vida, podem ter uma resolução de seu  problema.
As opções de tratamento podem ser divididas em comportamental e farmacológico (medicamentos).  Os medicamentos podem ser divididos em terapias sistêmicas (pílulas) e terapias locais/tópicos (cremes ou sprays). 
Os tratamentos comportamentais para a educação física eram tradicionalmente formas de retardar os homens da ejaculação durante as relações sexuais.  Estes incluíram a técnica "start-stop" e as técnicas "squeeze".  Estes têm sido conclusivamente mostrado não ser curativos, e eles claramente interferem com o prazer da relação sexual.  Em geral, não os Recomendamos ou os usamos em nossas terapias.

É possível engravidar do líquido pré ejaculatório?


Há uma série de situações ou circunstâncias relacionadas com relações sexuais que deixam as pessoas com muitas perguntas. Pode engravidar com líquido pré-ejaculado, ou pode engravidar sem penetração?
Estas são apenas algumas das perguntas que as pessoas fazem quando se envolvem em sexo ou outros atos de intimidade.

Então, Pode Engravidar Da pré ejaculação?

Mais precisamente conhecida como fluído pré-ejaculado. Este é um fluido corporal que é liberado do pénis durante a relação sexual.
Mais importante, os homens não têm qualquer controle sobre isso. Os primeiros entendimentos são uma vez que o esperma é esperado para ser parte do fluido.
Investigações posteriores revelaram que a maioria do fluido pré-ejaculado já estava morto ou não tinha nenhum esperma.
É possível para pequenas quantidades de esperma para sair do seu sistema reprodutivo e fazer o seu caminho para que seja previamente pré ejaculado.
Podes engravidar desse líquido.  A resposta comum é não; no entanto, há mulheres em todo o mundo que já engravidaram dessa pré ejaculação, e assim não podemos descartar essa possibilidade.
Há casos raros onde o esperma vivo pode estar presente nesse líquido e a concepção subsequentemente  é possível. Essa é uma razão que sugerimos que todos os casais que não estão tentando engravidar usem um preservativo o tempo todo há penetração (quando o pênis entra na vagina).

ConseguesEngravidar Sem Penetração?

Você poder engravidar sem penetração é uma questão frequente de adolescentes que estão começanao a fazer sexo e querendo evitar a gravidez.
Outros desejam esperar para ter sexo até o casamento, mas estão olhando para ser íntimo com seu parceiro de alguma forma.
Para todos os efeitos práticos, não se pode engravidar sem penetração. No entanto, se o fluido ejaculado / sémen entra em contato com a vagina, mesmo sem penetração, é possível que o esperma poderia entrar e fertilizar um óvulo.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Como podemos mostrar que amamos o outro? Porque isso é importante?


Quando dizemos que alguém "entrou nas nossas vidas", significa que deixou de ser qualquer pessoa comum e começou a desempenhar um papel importante ao estar conosco. Aproximamo-nos dessa pessoa e começamos a sentir-nos confortáveis.
Nesses momentos, você começa a sentir sentimentos afetuosos que surgem e é recíproco, o melhor que podemos fazer então é tentar mantê-lo e mostrá-lo. Apenas o fato de mandar um "simples bom dia meu amor", já resolve todo o problema.
Quando amamos alguém, não é apenas sobre o sentimento, Você também tem que mostrá-lo e envolver a outra pessoa em nossa experiência.
Mostrar que os amas

Às vezes amamos essa pessoa, mas não sabemos como mostrar. Pode ser um amigo, membro da família ou seu parceiro. Podemos até ter como garantido que sabem que os amamos e que não os queremos perder.
Mostrar que amamos alguém faz com que se sintam mais dispostos a continuar a amar-nos.
Portanto, seria muito positivo se disséssemos mais vezes aos nossos pais e filhos que os amamos, cuidamos mais dos nossos amigos e lutássemos mais pelos sentimentos do nosso parceiro. Hoje vamos dar-te as chaves para fazeres isso.

Maneiras para mostrar o teu amor

Há muitas maneiras de mostrar a alguém como nos sentimos e é provável que ignoremos a sua simplicidade. Não significará muito para nós, mas a outra pessoa vai considerá-lo muito especial.

Os detalhes mais pequenos são os mais importantes

A soma de pequenos gestos fortalece as nossas relações mais do que pensamos. Há um erro em pensar que dar um grande presente a alguém em um determinado momento fará com que ele ou ela fique em nossa vida para sempre. Uma grande ação ou um presente magnífico não é garantia para o futuro. A melhor garantia é dia a dia: cuidar dessa pessoa cada vez que você se lembra deles e mostrar que eles são importantes para você. Eles vão gostar.

Ame-se primeiro

É muito benéfico saber que se pretendemos amar alguém, precisamos amar a nós mesmos.
Muitas vezes pensamos que nos entregarmos completamente a alguém é uma forma de mostrar amor, mas não é se esquecermos a nossa individualidade. Respeitar nosso espaço pessoal é a única maneira que podemos amar a nós mesmos e aos outros.